• 214 918 617

A NOSSA HISTÓRIA


foto-reboque
Com início da atividade em 1973 na oficina Auto Bosque na Amadora, António Neves e Silva e Esposa Maria da Conceição dedicaram-se ao serviço de pronto socorro / assistência rodoviária.

Com o espírito de auxílio sempre presente e uma resposta permanente, os anos desenrolaram-se até à chegada da assistência em viagem suportada pelas seguradoras.
Foi lógico para ambas as partes que era vital uma mútua parceria e desenvolver os projetos de então.
No decorrer da Década de 80 e início dos anos 90, a Reboques Amadora queria acompanhar as necessidades de assistência que de ano para ano se tornavam mais exigentes.
A aquisição de telemóveis, a formação de recursos humanos, o sentido profissional crescente e a criação de uma apólice de responsabilidade civil de exploração, levou a uma dedicação total a esta atividade. Só desta forma seria possível continuar a garantir respostas às parcerias criadas de forma segura!

Com a ajuda de Pessoas cruciais e Empresas de referência fomos aprendendo, crescendo e quase com 50 anos de existência, estamos na 3ª geração desta família rebocadora que pretende evoluir de uma forma sustentada, com os valores e bases que iniciaram este projeto de VIDA.

Operando maioritariamente no distrito de Lisboa, garantimos resposta nacional devido a multiparcerias que partilham os mesmos objetivos. Assegurar assistência rodoviária 24h.
24 horas, 7 dias por semana, 365 dias "Any time, Any where"

reboques-amadora-valores

O QUE FAZEMOS


Ao minuto e em equipa dispomos de recursos humanos e mecânicos eficazes para garantir respostas imediatas por todo o país.

Através de protocolos com Entidades seguradoras, articulamos a cobertura da Assistência em Viagem da respectiva apólice.

O nosso objetivo é assegurar a mobilidade o mais rápido possível e em rede (parcerias), garantir soluções no âmbito Nacional.

Através de uma conduta de compromisso e critério Profissional, associamos ao serviço de pronto-socorro o conceito de auxilio rodoviário 24 horas “Any Time, Anywhere”